Home / Veículos / Carros / Bugatti Chiron Sport: + Esportivo, + Sofisticado, + Veloz

Bugatti Chiron Sport: + Esportivo, + Sofisticado, + Veloz

Um dos detalhes mais comentados da Bugatti Chiron é o número 16 pintado na grade frontal.  Ele se refere ao número de cilindros do motor do supercarro, que tem 1500 hp.

Um dos detalhes mais comentados da Bugatti Chiron é o número 16 pintado na grade frontal. Ele se refere ao número de cilindros do motor do supercarro, que tem 1500 hp.

Que tal ter na garagem uma Bugatti Chiron, um supercarro que custa três milhões de dólares, tem carroceria em fibra de carbono e motor de 1.500 hp de potência, capaz de chegar a 420 km/h e de acelerar de 0-300 km/h em menos de 13,1 segundos? Para a maioria absoluta de nós isso seria quase um sonho, não é? Pois existe quem ainda não esteja satisfeito.

Para atender esses clientes hiper-exigentes, a fábrica de Molsheim, na França, acaba de lançar a Bugatti Chiron Sport, uma versão ainda mais esportiva e sofisticada do modelo que já era conhecida pelo velocímetro que marca até 500 km/h e pela obrigatoriedade de usar um limitador eletrônico de velocidade.

A combinação de vermelho e cinza escuro destaca a capa do intercooler,  que tem gravadas em baixo relevo a disposição e o número de  cilindros (W16) e a potência do motor (1500)

A combinação de vermelho e cinza escuro destaca a capa do intercooler, que tem gravadas em baixo relevo a disposição e o número de cilindros (W16) e a potência do motor (1500)

Apresentada oficialmente em março no Salão de Genebra, logo em seguida a nova supermáquina com desempenho capaz de deixar muito carro de competição a comer poeira já foi a atração do stand da Bugatti no Salão de Nova Iorque.

Segundo a fábrica, apesar de a versão Sport ter a mesma potência e dados de desempenho da Chiron, dona do título do carro mais rápido do mundo, as mudanças introduzidas melhoraram significativamente o comportamento e a agilidade, o que não é de se desprezar quando se pensa no nível de exigência para domar nas curvas um modelo com um motorzão de 16 cilindros em W e superlativos 1500 hp.

VEJA TAMBÉM
Tapetes 100% ecológicos, da Horizon Global

Entre outras mudanças, a Chiron Sport incorpora um novo pacote de manuseio dinâmico, com suspensão mais rígida, além da nova função de vetorização dinâmica de torque, que distribui o torque individualmente entre as rodas de cada lado, melhorando significativamente o manuseio e a agilidade, especialmente em curvas fechadas.

Se a lateral da Bugatti Chiron é marcada pelo recorte em “C”  invertido, na traseira as belas lanternas e as quatro saídas  centrais de escapamento é que chamam a atenção

Se a lateral da Bugatti Chiron é marcada pelo recorte em “C” invertido, na traseira as belas lanternas e as quatro saídas centrais de escapamento é que chamam a atenção

Externamente, além da pintura em opções de cores mais esportivas, a Bugatti Chiron Sport traz rodas de 20 polegadas na dianteira e 21 na traseira com um novo design, além de um impressionante defletor de escape de quatro tubos. Outra novidade são os primeiros limpadores de parabrisas da indústria automotiva produzidos em fibra de carbono. Esse material também foi usado em peças como o estabilizador e a tampa do intercooler, economizando 18 kg de peso em relação ao modelo original. Ainda assim, a versão Sport pesa impressionantes 1.995 kg.

Tudo isso tem seu preço. A Bugatti Chiron Sport tem preço de tabela de US$ 3,26 milhões, mas como os clientes podem personalizar as cores e os detalhes de acabamento dos seus exemplares para obter uma aparência ainda mais esportiva, o preço final certamente vai ser ainda mais salgado.

A pintura da Chiron Sport combina vermelho “Italian Red” com o cinza escuro “Gun Powder”, que destaca a fibra de carbono da carroceria

A pintura da Chiron Sport combina vermelho “Italian Red” com o cinza escuro “Gun Powder”, que destaca a fibra de carbono da carroceria

Bugatti, tradição em desempenho e exclusividade

Desde que foi fundada em 1909 pelo italiano Ettore Bugatti, a marca se notabilizou pelos seus carros velozes, sofisticados, elegantes e caros. Alguns de seus modelos deixaram sua marca na história do automobilismo ao vencerem provas como o primeiro Grand Prix de Mônaco e as 24 horas de Le Mans.

VEJA TAMBÉM
Módulo para automação, da Tury

O mítico modelo Bugatti Type 35, lançado em 1924, somou mais de 2.000 vitórias, tanto pela equipe de fábrica quanto tendo pilotos particulares ao volante. Um dos mais bem sucedidos ao volante de uma Bugatti foi Louis Chiron, piloto de Mônaco vencedor de diversos Grand Prix.

Louis Chiron foi o vencedor do primeiro Grand Prix de Mõnaco e o piloto que conseguiu mais vitórias ao volante de uma Bugatti

Louis Chiron foi o vencedor do primeiro Grand Prix de Mõnaco e o piloto que conseguiu mais vitórias ao volante de uma Bugatti

Após a morte do seu fundador, a Bugatti entrou em decadência e deixou de produzir carros, até o ano de 1998, quando a marca foi comprada pelo grupo Volkswagen, que também é dono da Lamborghini, da Porsche e da Audi, entre outras.

Depois de apresentar três protótipos em Salões, a nova Bugatti finalmente lançou seu primeiro modelo em 2005, o Veyron EB 16.4, uma supermáquina de produção artesanal, com motor quadriturbo central de 16 cilindros em W, 6 litros e 1025 hp de potência, capaz de superar os 415 km/h.

No interior do cockpit, o couro negro contrasta com os detalhes em vermelho e a iluminação em tom de azul

No interior do cockpit, o couro negro contrasta com os detalhes em vermelho e a iluminação em tom de azul

Depois de produzir 450 Veyrons até 2015, a empresa lançou no ano seguinte a sua sucessora, a Bugatti Chiron, ainda mais potente e veloz, com produção limitada a 500 unidades. Com motor de 1.500 hp, a Chiron é dona do recorde de carro mais rápido do mundo, conquistado em 2017 ao fazer de 0-400 km/h em 41,96 segundos. Apesar do preço de tabela de quase três milhões de dólares, já foram vendidas mais de 300 unidades desse modelo.

FAcebook-Revista-Curta

Texto: Amadeu Castanho Neto
Imagens: Divulgação

Matéria publicada originalmente na revista AutoMOTIVO, a publicação B2B do mercado brasileiro de som e acessórios automotivos

Comente esta matéria

Fique tranquilo: o seu endereço de e-mail é apenas para controle interno e não será publicado. Os campos marcados são de preenchimento obrigatório! *

*

Voltar ao topo