Home / Destaques / Projeções para a indústria automobilística em 2018 são ajustadas pela Anfavea

Projeções para a indústria automobilística em 2018 são ajustadas pela Anfavea

dados-gráficoA Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, Anfavea, divulgou novas previsões para este ano. O licenciamento de autoveículos projetado para 2018 agora é de crescimento de 13,7%, alcançando 2,54 milhões de unidades – a previsão anterior era alta de 11,7%.

Nas exportações, o ajuste foi para baixo: ao invés de empatar com o resultado de 2017, a entidade prevê encerrar o ano com 700 mil veículos exportados, uma queda de 8,6% sobre o ano passado. Os novos desempenhos de licenciamento e exportação geraram leve alteração na produção, cuja expectativa para 2018 passa a ser de 11,1%, com registro de 3,0 milhões de unidades, ao invés dos 11,9% antes projetado.

Para Antonio Megale, presidente da Anfavea, a revisão foi necessária principalmente pelos bons resultados do mercado interno e pelas exportações para a Argentina, principal parceiro comercial do Brasil:

“O mercado interno brasileiro progride mês após mês, com mais intensidade no segmento de caminhões e de máquinas agrícolas, o que gerou essa necessidade de revisarmos para cima nossas projeções de vendas. Por outro lado, a situação macroeconômica da Argentina impactou o mercado interno daquele país e, consequentemente, as exportações brasileiras para lá, por isso diminuímos nossa previsão neste quesito”.

Resultados

Em setembro desse ano, 213,3 mil autoveículos foram licenciados, alta de 7,1% com relação ao mesmo mês do ano passado com 199,2 mil e queda de 14,2% quando comparado com as 248,6 mil de agosto desse ano. No acumulado do ano, o balanço aponta crescimento de 14%, com 1,84 milhões de unidades comercializadas este ano contra 1,62 milhões em 2017.

No último mês foram produzidos 223,1 mil veículos, baixa de 6,3% sobre as 238,0 mil unidades do mesmo mês de 2017 e queda de 23,5% contra agosto, com 291,5 mil unidades. Até o nono mês do ano 2,19 milhões de unidades saíram das linhas de montagem, expansão de 10,5% ante as 1,98 milhões do ano passado.

VEJA TAMBÉM
Tecnologias de iluminação automotiva Philips são destaque na Automechanika Frankfurt 2018

O resultado das exportações continua impactado pela baixa das compras da Argentina e do México. Em setembro 39,4 mil unidades cruzaram as fronteiras, decréscimo de 34,5% frente a igual período de 2017 com 60,2 mil unidades e de 29,7% no confronto com as 56,1 mil de agosto. O acumulado aponta retração de 8%: 524,3 mil unidades em 2018 e 570,0 mil no ano passado.

Comente esta matéria

Fique tranquilo: o seu endereço de e-mail é apenas para controle interno e não será publicado. Os campos marcados são de preenchimento obrigatório! *

*

Voltar ao topo